W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

São Paulo x Corinthians: a decisão de um time só

_piz3941

Créditos da imagem: Renato Pizzutto/Placar

Nesta quarta-feira, São Paulo e Corinthians se enfrentam numa situação estranha: o primeiro faz uma temporada péssima, com atuações aceitáveis que se contam nos dedos de uma mão, e tem uma derradeira oportunidade jogando por uma vitória simples, em seu estádio, contra o maior rival; o outro teve um início de ano avassalador como há tempos não se via no Brasil, apresenta uma queda de rendimento que culminou com a eliminação do Campeonato Paulista em casa para o arquirrival Palmeiras, porém já está classificado na Libertadores, continua invicto na temporada (mesmo na competição da qual acabou de ser desclassificado) e vê nesta partida uma oportunidade de recuperar o moral e voltar a ficar em Lua de mel com sua torcida.

O jogo tem tudo para ser dramático para o torcedor são paulino. Pode representar a sobrevivência na principal competição do continente e a superação de um fantasma para o Tricolor Paulista, que há mais de uma década sofre nos confrontos decisivos contra o time do Parque São Jorge; ou o vexame de sair na primeira fase da competição que em outros tempos era conhecida por “ter a cara do time”, amargando mais uma frustração contra o arqui-inimigo e, para completar, com o caminho pavimentado para a aposentadoria de Rogério Ceni – provavelmente o maior ídolo de sua história.

Para o corintiano o encontro simplesmente não tem gravidade. Não passa de uma oportunidade de impor mais uma frustração ao rival, de terminar a fase de classificação na segunda colocação geral (o que importa mais para aumentar as chances de que a equipe sempre decida em casa) e para tentar se recuperar de uma sequência de más partidas/empates. A equipe deve estar ligeiramente pressionada, pois um revés a colocaria definitivamente em sinal de alerta, mas os atletas provavelmente enxergam uma oportunidade perfeita para a recuperação e devem ir ao Morumbi com a confiança alta.

Considerando os desfalques de Guerrero pelo Corinthians, e de Pato pelo São Paulo, o Tricolor leva grande vantagem, visto que o peruano é o melhor jogador corintiano, enquanto o ataque são paulino será, na verdade, reforçado, uma vez que deverá ir a campo o argentino Centurión – que já merecia ser titular há tempos.

Fico especialmente curioso para ver o que acontecerá. A lógica indica que o São Paulo não deve prevalecer sobre o Corinthians, afinal, não tem conseguido fazer isso (neste ano foram duas partidas e duas vitórias alvinegras, uma em cada estádio), e o ambiente e o futebol da equipe só pioram. Ainda que o desempenho do time de Tite também esteja descendente, é um nível acima do são paulino, além da nítida diferença de postura entre os atletas das duas instituições.

Por outro lado, o fato de jogar em casa e só poder contar com a vitória (o empate transfere a decisão para o San Lorenzo, que precisaria vencer em casa por 4 gols para se classificar, o que é bem possível de acontecer visto que foi exatamente o placar pelo qual as duas equipes brasileiras bateram os visitantes uruguaios) deve empurrar a equipe do Morumbi para cima do conjunto alvinegro, e nessa hora, a diferença de motivação deve pesar.

Prevejo um São Paulo surpreendentemente aguerrido e, em caso de não conseguir se impor em campo, com grandes chances de perder a cabeça. Mas com as emocionantes vitórias são paulinas contra San Lorenzo (quando lutou até o fim e mereceu o resultado) e Danubio (quando venceu sabe-se lá como), a costumeira frieza, determinação e organização corintianas, além da partida simultânea em Buenos Aires, o roteiro tem tudo para ser muito rico e imprevisível até o fim.

E para finalizar, uma pergunta polêmica que talvez irrite os são paulinos, mas faz sentido pelo que foi mostrado em campo até agora: para o Corinthians, pensando para o restante da competição, seria mesmo melhor a eliminação do rival e a classificação do San Lorenzo? A despeito de toda rivalidade, o time da Fiel tem tido vantagem contra o do Morumbi, ao passo que nas duas partidas contra o San Lorenzo, não conseguiu se impor contra o – é bom recordar – atual campeão da América em nenhuma delas (a vitória na Argentina acabou sendo circunstancial, além de o jogo ter tido portões fechados).

Comentários das quartas-de-final da Uefa Champions League
O “Fator Guilherme” no decisivo Galo x Colo-Colo

Escrito por:

- possui 160 artigos no No Ângulo.

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano atua e segue aprofundando estudos nas suas principais paixões: futebol e cidades. Especialista em gestão do esporte, como jornalista também encara o futebol como fenômeno cultural.

Entre em contato com o Autor

34 respostas para “São Paulo x Corinthians: a decisão de um time só”

  1. Timão minha vida meu amor,,com fé em DEUS vai dá Corinthians

  2. Gustavo Aquino disse:

    Exatamente! É melhor o São Paulo como adversário em um eventual mata-mata do que o San Lorenzo! Anotem aí, hoje o Corinthians perde! Nem diria que por corpo mole, mas por entrar relaxado demais!

  3. Meu timao hj mano nos vamos atropela o sp

  4. vai corinthians pow

  5. Rafael Zabini disse:

    Disputa do 3 lugar do paulistao

  6. Competição para os grandes Paulista e para os timinhos último campeão o ituano.

    • Bem que vocês não queria levanta a taça , ser você disse que não ta mentindo. Porque sua torcida foi protesta no aeroporto , Torcedores de verdade não desvaloriza campeonato pra valoriza outro, no fim de tudo todos que ser campeão (y)

    • Paulista e importante mais no momento tem libertadores . Então vejo como paulistinha maior campeão Paulista e o corinthians não vi nenhum benefício agora sim com libertadores e brasileiro tudo muda

  7. Boa sorte são paulo

  8. Bruno Silva disse:

    Corinthians precisa ir com força total pra aposentar o Rogério Ceni hoje.

  9. A decisão é só pro SP

  10. e mos mano a que e corinthians

  11. Hoje so da são paulo…vamos se classificar em cima do corinthans..

  12. Decisão de terceiro lugar do paulistão

  13. Karol Silvah disse:

    Vamos Corinthians agente acredita que vcs podem

  14. Timão tenho fé. Corinthians

  15. Elias Pascoa disse:

    vai sao paulo acaba com os choros deles

  16. Estou resando para o querido DEUS que vai dar Corinthians #VaiCorinthians

  17. corinthias timão estar no coração os corinthianos que curtir eu vou add

  18. Ed Carlos Luz disse:

    Vai dar timaõ com fé em Deus bora corinthians…

  19. vai sao ´paulooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

  20. Jogo que nois não quis ganhar pra não ter dificuldade na final da libertadores


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano atua e segue aprofundando estudos nas suas principais paixões: futebol e cidades. Especialista em gestão do esporte, como jornalista também encara o futebol como fenômeno cultural.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados