Classificação de Pirro: a dura vida de Tiago Nunes

Créditos da imagem: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

A cabeça de Tiago Nunes deve estar um pouco mais tranquila depois da vitória no último Derby, que colocou o Corinthians à frente do rival Palmeiras no número histórico de vitórias no confronto.

De praticamente eliminado e ameaçado de rebaixamento a candidato à classificação para a segunda fase, o Corinthians entrará em campo no domingo contra o Oeste para vencer por 2 gols de diferença e jogar por um empate ou uma vitória do rival São Paulo contra o Guarani.

Em caso de vitória por um gol de diferença do Timão, apenas uma vitoria tricolor daria a classificação ao alvinegro.

Então, até a bola parar de rolar às 18h do próximo dia 26, Tiago Nunes estará entre a cruz e a espada.

Isso porque, se ganhar do Oeste e não se classificar, terá 14 dias de folga para melhorar o time com tranquilidade, resultado de duas vitórias em dois jogos após a volta do futebol.

No entanto, se o Corinthians ganhar e se classificar, a chance de cair para o Red Bull Bragantino é certamente considerável, já que o time do interior, além de melhor preparação física por ter voltado antes, ainda tem jogado o melhor futebol e tem se preparado para disputar a Série A.

Ou seja, Tiago Nunes pode se classificar, cair para um time do interior e ser criticado; ou ficar de fora do mata-mata com duas vitórias e ter tranquilidade para trabalhar até 09 de agosto, quando começar o Brasileirão.

A classificação do Corinthians pode chegar a um custo altíssimo para Tiago Nunes, no melhor exemplo Vitória de Pirro. É dura a vida do treinador corintiano.

Deixe sua opinião e colabore na discussão