O que pode dar errado no Flamengo?

Créditos da imagem: Reprodução Veja

A euforia flamenguista está no ar. Campeão brasileiro e da Libertadores e com boa atuação diante do melhor time do mundo no Mundial de Clubes, o Flamengo se reforçou ainda mais e se torna o grande time a ser batido não somente no futebol brasileiro, mas também em toda América do Sul.

Se havia a expectativa de que Gabigol deixaria a parceria com Bruno Henrique e De Arrascaeta para jogar em outro país, não há mais. Contratado em definitivo pelo clube carioca, o centroavante deve ser o grande nome da próxima temporada, mesmo com o ex-tricolor Pedro como sua grande e perigosa sombra no elenco.

Fato é que o Flamengo contratou a ponto de ter grandes peças de reposição para quase todas as posições do time. No meio, há Diego e Thiago Maia. No ataque, Michael, Pedro Rocha e Vitinho dão opções mais velozes para Arrascaeta, Bruno Henrique e, talvez, Everton Ribeiro.

Já na zaga, se o espanhol Pablo Marí se foi para o Arsenal da Inglaterra, o trio Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Léo Pereira é capaz de se revezar entre duplas e garantir o bom aproveitamento defensivo do clube em 2020.

Ou seja, se tudo parece estar ainda melhor, há algo que possa dar errado para o Flamengo neste ano?

Talvez.

Vejo como possível ponto fraco do clube as laterais, já que Rafinha e Filipe Luís são jogadores que, apesar de qualificados, são veteranos e não possuem reservas à altura como as outras posições no elenco.

Renê pode ser considerado um bom jogador, mas não tem a mesma qualidade de Filipe Luís.

Não que isso seja grave, mas o momento rubro-negro é tão bom que dificilmente se encontrará outro problema no elenco que não seja relacionada a esta posição.

Por mais experientes que sejam, não se sabe exatamente até quando ambos conseguirão jogar em alto nível, mesmo para o Brasil.

Não que estejam em fim de carreira, mas sim porque o peso da idade e de uma temporada completa pode dificultar o bom rendimento de quem passou quase todas as temporadas da carreira jogando um número consideravelmente menor de jogos.

Eventualmente, alguma lesão num momento crucial da temporada pode comprometer, o que torna fundamental a contratação de suplentes para estas funções.

Além disso, o goleiro reserva César também não está à altura de seu titular, mas essa troca deverá ocorrer com uma frequência muito menor.

Isto é, embora pareça uma coluna com intuito de encontrar pontos fracos, o fato é que o Flamengo é um elenco recheado de pontos fortes e cada vez mais poderoso.

2020 promete ainda mais para o torcedor rubro-negro, que há menos de três meses comemorou dois títulos de grandezas inestimáveis.

Leia também:

– Flamengo tem contratado bons nomes. Mas não estaria passando da conta?

Um comentário em: “O que pode dar errado no Flamengo?

Deixe sua opinião e colabore na discussão