Fluminense é campeão da Primeira Liga. E Levir Culpi sai como o grande vencedor

Créditos da imagem: Marcello Dias/Futura Press

Muito do título do Fluminense da Primeira Liga (vitória por 1×0 na final contra um valente Atlético Paranaense) pode ser creditado à maturidade e à competência do técnico Levir Culpi.

Depois de inexplicavelmente ser demitido de um Atlético Mineiro de grande campanha no Brasileirão de 2015, Levir assumiu um Fluminense em transição e logo de cara já conseguiu obter uma conquista inédita.

Pierre? Diego Souza? Fred? Todos “inimigos” de Levir? Que nada! Com inteligência emocional, o sábio comandante soube contornar todas as adversidades, colocar as pessoas no seu devido lugar (com a sensibilidade que as situações pediam), não alimentar fofocas e acreditar no próprio trabalho.

O resultado todos já sabem: mais um título para a vasta coleção desse ótimo e, por vezes, subvalorizado treinador.

Há vida além de Tite (merecidamente tido como o melhor da função no país).

E segue o jogo.

Leia também: 

Que Fred e Levir Culpi demonstrem grandeza de espírito na véspera da final da Primeira Liga

10 comentários em: “Fluminense é campeão da Primeira Liga. E Levir Culpi sai como o grande vencedor

  1. Concordo. Basta assistir a uma entrevista do Levir para perceber o quanto ele é sério, sensato e competente.

    Um cara raro nesse meio do futebol.

  2. Tenho um carinho enorme pelo Levir Culpi, um dos maiores Treinadores de Futebol desse País!!!!!!! Parabéns pelo título com o Fluminense, esse conhece e entende muito de Futebol, merece essa conquista, sabe montar grupos vencedores. #segueOjogo

  3. Também vejo no Levir um treinador de primeira linha. Parabéns aos amigos tricolores!

  4. Muito bom! Parabéns ao Fluminense, que foi um dos maiores apoiadores e fiadores da Primeira Liga!

    E eu gosto demais do Levir! Também considero inexplicável a troca feita pelo Atlético, considero o Levir superior ao Aguirre. Sorte a do Fluminense 😉

    1. Levir é muito teimoso. Respeito sua opinião, mas aqui em MG, apesar da campanha regular no Brasileirão, o Levir era altamente criticado… e sinceramente, não o vejo tão superior assim ao Aguirre (vide oitavas da Libertadores ano passado, entre Galo e Inter)

Deixe sua opinião e colabore na discussão