“Habemus” disputa

Créditos da imagem: IG,
ESPN Brasil

O time brasileiro “mais legal” do ano fez a sua parte. Palmeiras, Santos e o campeonato agradecem

O Botafogo foi Brasil ontem à noite. E não decepcionou. Ganhou do líder Corinthians e deu vida àquele que considero o pior Brasileirão da era dos pontos corridos.

E o destino não poderia ter escolhido melhor a equipe que daria um tempero ao campeonato em sua reta final, já que o Botafogo de Jair Ventura vem tendo (mais) uma temporada formidável. Trata-se do melhor “custo x benefício” do futebol brasileiro.

 

Corinthians

Como diria Renato Gaúcho, o Corinthians “despencou”. Ou não? E como arrumar um time que parece ter desaprendido a jogar? Romero e Jadson são os que levam a fama, mas o que falar de Fagner, Arana, Maycon e Rodriguinho? De um modo geral, apenas Jô vem conseguindo atuar bem. E alguém aí confia em Marquinhos Gabriel e Clayson? Boa sorte ao Carille, quem de um certo modo vem pagando o preço pelo excelente trabalho realizado no 1º turno.

 

Palmeiras

Dos candidatos ao título, o Palmeiras é aquele que vem na melhor vibe. Alberto Valentim assumiu e ajudou o time a conquistar três importantes vitórias na sequência (com direito a gol de Borja e retorno de Arouca aos gramados!). E esse possível título “meio que caindo no colo” pode ter despertado o elenco na hora certa. E como bem sabemos, o Alviverde gosta de enfrentar o Corinthians em jogos grandes e decisivos. Logo…

 

Santos

O Santos vem como o “patinho feio” nessa reta de chegada e depende de uma improvável – embora possível – vitória contra o São Paulo, fora de casa, no próximo sábado, para continuar sonhando. De qualquer forma, com Ricardo Oliveira novamente em forma e com os possíveis retornos dos importantes Victor Ferraz e Renato (sem falar na saída – finalmente! – do limitado Copete da equipe titular), o Peixe também pode chegar.

 

A conferir.

E segue o jogo.

15 comentários em: ““Habemus” disputa

  1. Acho que o homem deve ser leal com as pessoas e com suas convicções, mas também não pode morrer abraçado se as pessoas ou situações se modificam. Entendo também que o Técnico do Corinthians não tem muitas opções no seu elenco, mas acho que está na hora de tentar ou inventar outras situações, uma vez que o time está descendo ladeira abaixo. Porque não tentar a experiência de Danilo, pelo menos em parte dos jogos ou a juventude de Pedrinho.
    É mais fácil palpitar de fora, mas o Sr. Carille mas já está sendo muito bem pago e precisa encontrar soluções para o declínio do Timão

  2. Temos que reconhecer a grata surpresa do jovem treinador do Botafogo, Jair Ventura. Com um elenco mais limitado e um orçamento bem mais modesto do que os outros grandes clubes que ocupam a “cabeça” da classificação, consegue resultados altamente satisfatórios.

  3. É bom ver um gigante como o Botafogo jogando como tal. Pra efeito de comparação, o Atlético Mineiro com estrutura infinitamente melhor, elenco que poucos atletas pagam a folha inteira do Botafogo, e um orçamento muito, mas muito maior, faz um ano horrível. Flamengo e Palmeiras tambem decepcionam (este último melhorou nas últimas rodadas e ainda pode salvar o ano).

  4. A campanha do Botafogo é digna de registro. A entrega dos jogadores é outro ponto a ser elogiado. O Jair é o grande nome dos novos valores que estão surgindo.

Deixe sua opinião e colabore na discussão