Quem faz falta está a passeio

Créditos da imagem: Montagem / No Ângulo

Corinthians e São Paulo fizeram dois jogos bastante lamentáveis nesse sábado. Sem dó nem piedade da bola, o Timão só não saiu goleado de Belo Horizonte graças a seu goleiro Walter, enquanto o Tricolor conseguiu o feito de não vencer o lanterna do campeonato, sem vitórias em oito jogos na competição.

Mas o pior de tudo não é ver os times sofrerem, mas sim imaginar que quem faz falta está brincando de jogar bola num torneio que só vale para empresário.

Tanto Pedrinho e Vital quanto Antony fazem falta para Corinthians e São Paulo, respectivamente. Mas quis a senhora CBF que, em meio a partidas decisivas, os três fossem desfalques importantes para seus times.

Lamentações? Que nada. Há quem prefira, entre a cartolagem, que os jogadores passeiem mesmo em Touloun e, quem sabe, nem da Europa voltem.

Porque o futebol brasileiro se tornou isso mesmo. Terra de ninguém, com o pouco futebol produzido exportado de maneira precoce para Europa, com foco no lucro de empresários e na valorização do produto CBF.

É bem feito aos clubes que não se unem por um calendário melhor. É triste para o torcedor, que espera sempre algo a mais de um sábado à noite.

Deixe sua opinião e colabore na discussão