O Flamengo não conhecia Dome. Conhece Rogério?

Era apenas leitor recente do site, quando pediram para escrever sobre o trabalho do então demitido treinador Rogério Ceni no SPFC. Expus as precipitações e as inconsistências que culminaram com a queda. Três anos e quatro meses depois, Rogério chega Leia mais… »

Aviso aos navegantes da Gávea – não será moleza, ora pois…

Em plena era de comunicação instantânea internacional, fala-se que dirigentes do Flamengo vão viajar à Europa atrás de um treinador. Algo como se estivéssemos no século 19, quando o imperador Dom Pedro II praticamente não dormia durante suas viagens ao Leia mais… »

Já diziam os Titãs – Jesus não tem dentes…

Confirmada a saída de Jorge Jesus do Flamengo, começa o festival de palavras de ordem contra o treinador. Desde “nunca foi tudo isso” até o esperado “desrespeito à grandeza do Flamengo e do futebol brasileiro”. Menos, muito menos. Deixar o Leia mais… »

Um mister desmoralizador!

Quando Jorge Jesus chegou ao futebol brasileiro, poucos imaginavam o estrago que seria feito pelo treinador português. Acostumados a ver um futebol sem graça, reativo, com excesso de chuveirinhos, pouca infiltração, triangulação e objetividade, nós, torcedores brasileiros, ansiávamos por alguém Leia mais… »

Manter Mano para 2020? Então, Palmeiras que se resigne a coadjuvante invejoso

Entre várias outras lições deixadas pelo Flamengo de Jorge Jesus neste ano ao futebol brasileiro, uma me pareceu especialmente clara: a desmoralização absoluta da prática de poupar atletas de maneira quase aleatória. Porque se as pessoas podem -embora definitivamente não Leia mais… »

Cuidado: é mesmo necessário importar treinadores, mas “europeus” e não “estrangeiros”

Com os recentes sucessos de Jorge Jesus e Jorge Sampaoli em solo brasileiro, ficou evidente para todos uma necessidade absoluta: precisamos importar “mão de obra qualificada” para dirigir nossos times de futebol. Na esteira do salutar entendimento de que os Leia mais… »